Para o que vc gosta… Diariamente

16 06 2009
Poderíamos ser objetivos como esse sanhaço, você tem fome? vá atrás de comida e pronto.

Poderíamos ser objetivos como esse sanhaço, você tem fome? vá atrás de comida e pronto.

Final da semana dos encalhados, ops namorados. Momento de um novo tema. Talvez não tão novo, visto que parte dele vem justamente do que escrevi semana passada. Quem leu os textos da semana passada, principalmente o texto Eu me Amo, não posso mais viver sem mim…, tem a sensação que eu sou um cara cheio de amor próprio, cheio de coragem e totalmente decidido. Na verdade não é bem assim, aliás tenho medo de um monte de coisas, mais do que se pode imaginar. Apenas tento ser um cara prático.

A praticidade é talvez o maior dos meus mantras e mote principal das minhas ações. Busco sempre ser prático, o caminho mais óbvio dentre as opções que surgem. Até para conseguir entender o que leva algumas coisas a não funcionarem a contento. Dentro dessa linha de pensamento, a música Diariamente composta por Nando Reis e cantada por Marisa Monte de forma belíssima se torna quase um hino ao prático.

A forma como as idéias são apresentadas uma a uma mostram que sempre a busca pela resposta tem que ser objetiva, se você tem o problema A, a resposta nunca vai ser algo de B, mas sim algo parecido com A. Talvez por ser biólogo, a idéia de que tudo na natureza é simples me seja bastante familiar. E como professor vejo meus alunos muitas vezes buscando soluções mirabolantes para problemas simples. Gente, o simples é realmente simples. Física Quântica vai ser algo simples se você estiver inserido dentro do contexto.

E isso serve para tudo na nossa vida. Muitas vezes enrolamos com desculpas mil para erros que nós cometemos. A falta de coragem muitas vezes é o que nos leva a tomar decisões longas e que dão muito mais trabalho depois do que o caminho óbvio. Eu curto a simplicidade, decisões como “… Para diíceis contas: calculdora…”. ou “… Para viagens longas: jato…”, funcionam perfeitamente.

Afinal pra que se preocupar com o tempo da viagem se ela tem que ser feita? se você tem que fazer as contas, aprenda como elas funcionam, se não sabe, ao menos saiba usar uma calculadora e pronto, mas resolva, é esse o caminho. Um amigo meu fotografa casamentos, já fui com ele algumas vezes e as lembranças das noivas por mais diferentes que sejam, acabam girando mesmo em torno do tal marzipã, falta de criatividade? Não, apenas a coisa funciona, se você tem milhares de coisas para se preocupar, para que ficar procurando pêlo em ovo?

Justamente porque procurar pêlo em ovo é uma das coisas que mais fazemos durante a nossa existência. Nessa semana quero brincar com essa idéia, na quinta vou dar exemplos de como fazemos isso nos relacionamentos, como conseguimos complicar coisas que são absurdamente simples. Você tem algum exemplo de ação que deveria ter sido mais simples? que tal mandar um exemplo? Estou aguardando (assim como o filme do david Byrne, pra quem não sabe ele é foi o vocalista dos Talking Heads, banda de muito sucesso nos anos 80, hoje é divulgador de world music e ainda lança alguma coisa interessante.

 

Anúncios

Ações

Information

2 responses

17 06 2009
Avassaladoras Rio

Querido amigo avassalador…
A cada novo texto, percebo amadurecimento… dentro em breve voce estará igual ao passaro que vc cita… Objetivo.

14 07 2010
Simples? « Devaneios Lúcidos

[…] própria natureza? Até tentei falar disso um tempo atrás no meu blog, quando brinco com a música Diariamente (clique para ler). Boy in Senegal Pierre […]




%d blogueiros gostam disto: